Deem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre! Salmos 136:1

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Escolinha de Futebol CECAP


Emerson Salão e Barbearia


VEM AÍ O PRIMEIRO CAMPEONATO DA CECAP, CONTAMOS COM OS TIMES LOCAIS E REGIONAIS


Vem aí o primeiro campeonato cecap society, dia 29 desse mês a escolinha Cecap estará  realizando o seu primeiro campeonato. A escolinha citada anteriormente estará contando com os times locais e regionais, não se esqueça que ainda da tempo de sua escolinha ou seu time de futebol se inscrever a inscrição custara em media de 200,00 R$ ( duzentos reais ), vale ressaltar que o campeonato sera realizado para  sub 15 e 13.

Local: Casa da Criança 

mais informações >>>
Fone zap: (81)9.9191.0336 - Felipe Amorim 

Dono de bar, Danilo Avelar comemora primeiro gol pelo Corinthians, mas adia promoção de batatas fritas

Lateral tem um empreendimento em Paranavaí, no Paraná, mas bar fechou antes do jogo


O gol de Danilo Avelar, marcado aos 43 minutos do segundo tempo, alegrou os quase 21 mil torcedores que foram à Arena para acompanhar a vitória do Corinthians por 2 a 1 contra o Sport, neste domingo. Em Paranavaí, cidade natal do jogador no Paraná, a festa foi quase completa.

Sócio de um bar na cidade, o lateral-esquerdo havia anunciado em entrevista ao Globo Esporte em julho que faria uma promoção com batatas fritas grátis no jogo contra o Botafogo caso marcasse um gol. Neste domingo, após enfim desencantar, ele foi obrigado a adiar a ação.

– O problema é que o bar hoje fecha às 18h, então a galera deu azar que o jogo foi às 19h (risos). Se fosse às 16h eu teria um pouco de prejuízo, mas com alegria. Vamos ver se durante a semana a gente faz uma gracinha para a galera que está lá no noroeste do Paraná mandando energia positiva – disse o jogador do Timão.

Avelar conseguiu o seu primeiro gol com a camisa do Timão em seu 19º jogo disputado. Em outras partidas recentes, havia chegado à área adversária, mas parado nos goleiros ou mesmo na trave.

– Fico muito feliz. Passa um filme na cabeça, é uma emoção muito grande. Contruibuir com a vitória, mais ainda na nossa casa, diante da nossa torcida. Eu tinha ficado na trave, recebido uns elogios, umas críticas, alguns apoios, então o gol veio na hora certa – destacou.


Em entrevista coletiva, o técnico Jair Ventura também disse acreditar que o gol será importante para a sequência do lateral no Corinthians.

– O Avelar vinha recebendo algumas críticas, é importante o gol para ele ganhar confiança, sair mais um pouquinho para o ataque – afirmou o treinador.

Atlético-MG emite nota de repúdio a cantos homofóbicos de torcedores

Clube reprova gritos de alguns atleticanos durante o clássico diante do Cruzeiro no Mineirão: "Isso não faz parte da nossa gloriosa história"


O Atlético-MG emitiu na noite deste domingo nota de repúdio aos cantos homofóbicos de parte de sua torcida durante o empate por 0 a 0 no clássico desta tarde diante do Cruzeiro, no Mineirão. A manifestação do clube ocorreu via Twitter.

Os cantos de alguns atleticanos tornaram-se um dos principais assuntos nas redes sociais neste domingo, e o clube decidiu pronunciar-se sobre o assunto. Confira a nota:

"O CAM lamenta profundamente as manifestações homofóbicas de parte dos torcedores, no jogo deste domingo, no Mineirão. Reiteramos nosso repúdio a quaisquer gestos de preconceito ou de incitação à violência. A maior torcida de Minas é composta por pessoas de todas as classes sociais, raças e gêneros, não cabendo qualquer tipo de discriminação. Isso não faz parte da nossa gloriosa história! #TimeDeTodos"


No jogo do Mineirão, alguns torcedores atleticanos cantaram a seguinte música: "Ô cruzeirense, toma cuidado, o Bolsonaro vai matar viado".

Aguirre aprova empate do São Paulo no clássico e diz que Everton saiu por precaução

Meia-atacante foi substituído no fim do primeiro tempo do clássico com Santos

O técnico Diego Aguirre valorizou o ponto conquistado pelo São Paulo no empate sem gols com o Santos, neste domingo, na Vila Belmiro.

Com o resultado, o Tricolor assumiu a liderança provisória, com 50 pontos. Mas a posição final da rodada depende do duelo entre Chapecoense e Internacional, nesta segunda-feira.

– É um ponto que tem valor. A liderança não é importante agora, mas quem vai estar no final. Mas são pontos que, talvez no final, podem ser decisivos. O Santos teve uma chance de matar o jogo que o Rodrygo perdeu. Poderíamos ter perdido. Então, um ponto está bom – afirmou Aguirre.

Questionado a respeito do momento do São Paulo no Brasileirão, Aguirre disse o seguinte:

– É impossível não falar de tudo, porque se estamos na liderança é porque fizemos boas coisas. Mas gostaria de ter mais pontos. Acho que poderíamos. Mas agora temos de nos concentrar em ganhar os próximos três pontos e continuar na frente. O São Paulo está bem e os jogadores estão querendo vencer os rivais.


No fim do primeiro tempo do San-São, Everton pediu substituição e deu lugar a Liziero. O meia-atacante retornou após três jogos fora com um estiramento na coxa esquerda e gerou preocupação. Mas Aguirre tranquilizou sobre o jogador.

– A notícia do Everton: acho que ele tem possibilidade de estar já para o treino de quarta. Em princípio parece que não é uma coisa importante. Por precaução pediu para sair. Vão fazer exames, mas aparentemente não é uma volta da lesão. O Bruno Peres está voltando. A informação que eu tenho é que quarta-feira ele treina com o grupo – disse Diego Aguirre.


O próximo adversário do São Paulo é o América-MG, sábado, no Morumbi. Aguirre não terá Rojas e Bruno Alves, suspensos, mas contará com o retorno de Régis, que cumpriu suspensão no clássico.

O Tricolor retorna aos treinos na manhã desta segunda-feira no CT da Barra Funda.

Tarcísio celebra reencontro com a torcida e destaca força do Ypiranga

Máquina de Costura disputa amistoso neste domingo, contra o Treze, às 15h, no Limeirão


O Ypiranga vai ficar duas semanas longe da Série A2 do Campeonato Pernambucano, mas não vai ficar sem entrar em campo. Neste domingo, a Máquina de Costura vai disputar um amistoso contra o Treze, às 15h. A partida vai marcar a reabertura do estádio Limeirão.

Titular do alviazulino, o meia Tarcísio destacou a força do grupo completo e disse que o duelo vai ser importante para dar mais entrosamento a equipe.

- Ajuda muito a dar sequência no trabalho. Serão duas semanas sem jogar a Série A2, além de ser o reencontro com a torcida. Vai ser muito importante para a equipe. Creio que o torcedor sabe da nossa luta. A gente sabe que seria difícil já com todos em campo e esses dois jogos deram muita força. Tivemos jogadores importantes que ficaram de fora, como o Thomas Anderson, Fernando Pires e outros. Eu creio que os jogos serviram para nos fortalecer.

O meio-campo também disse que as vagas do Grupo B estão em aberto e o foco é a classificação.

- Nossa chave é muito difícil. Sabíamos da dificuldade e aconteceu de entrarmos com apenas onze jogadores e um goleiro no banco. Conseguimos um ponto importante contra o Porto e agora vamos ganhar mais força com os meninos que estão chegando. Creio que vamos nos classificar.

2ª Copa Arena Super 7 começa neste domingo em Caruaru

Competição vai reunir 17 equipes que jogam peladas no local durante a semana


A segunda edição da Copa Arena Super 7 de futebol society começa neste domingo em Caruaru. O campeonato vai reunir 17 equipes que jogam peladas no local durante a semana. Os times foram divididos em 4 grupos com quatro equipes em casa. Este ano, a Federação de Futebol de 7 de Pernambuco vai organizar e acompanhar toda a competição.

Em média 250 peladeiros entrarão em campo para se enfrentar entre si. Três equipes avançam para a próxima fase. A segunda etapa, que será eliminatória, com as 4 melhores segundo colocadas, mediante sorteio, em confronto decisivo com as 4 melhores terceiras colocadas. Na terceira Fase, as quartas de finais entre as vencedoras da segunda fase e os 4 primeiros colocados dos grupos. Em seguida, as semifinais e a final.

Cinco jogos abrem o torneio: pelo Grupo A, às 10h, Audazz x XBEX 360 e, às 12h30, Lenilson FC x Prepara Cursos. Pela Chave B, Gica Personal x Napolitana Pizzaria, às 10h50. Ainda se enfrentam Autofort x Petiscaria, às 13h20, pelo Grupo C e Milã Camisetas x Lupo, às 11h40, pelo D.

A premiação será distribuída com um Troféu para o campeão, 16 (dezesseis) medalhas e isenção de uma mensalidade, além de premiações surpresas. Para o vice, troféu, 16 (dezesseis) medalhas e isenção de 50% de uma mensalidade. Artilheiro, melhor goleiro e melhor jogador também serão premiados.

Grupo A
Lenilson FC
Prepara Cursos
XBEX 360
Audazz
Insanos

Grupo B
Blog do Mário Flávio
Cacau Show
Napolitana Pizzaria
Gica Personal

Grupo C
Autofort
Paulista
Petiscaria do Japa
Cortela

Grupo D
Itaipava
Caruaru City Master
Milã Camisetas
Lupo

sexta-feira, 14 de setembro de 2018


Escolinha de Futebol CECAP


Emerson Salão e Barbearia


Favoritismos #25: retrospectos apontam para um novo líder no Brasileirão

Líder Internacional perdeu todas as vezes que enfrentou a Chapecoense como visitante pela Série A do Brasileirão desde 2006, e vice-líder São Paulo tem dificuldades quando enfrenta o Santos fora de casa


O retrospecto histórico aponta para uma rodada difícil para Internacional e São Paulo, líder e vice-líder empatados em pontos. O Internacional perdeu todas as vezes que viajou para enfrentar a Chapecoense pela Série A de 2006 para cá, e o São Paulo tem desvantagem como visitante contra o Santos. Por outro lado, o terceiro colocado Palmeiras venceu todas que disputou contra o Bahia pela Série A como visitante desde 2006, quando o Brasileirão passou a contar com 20 clubes. Se a polarização se concretizar, o Palmeiras assumirá a liderança pelo saldo de gols.
Favoritismos considera o mando de campo para analisar o retrospecto histórico nos pontos corridos com 20 clubes e o desempenho no trimestre, considerando os jogos disputados entre 13 de junho e 13 de setembro.
Veja os dados da rodada #25:
Ceará x Vitória >> Ceará. O Ceará venceu o único jogo disputado com este mando nos pontos corridos da Série A de 2006 para cá. Nos últimos três meses, o Ceará tem o 14º desempenho (52%, 3V, 2E, 2D), com o segundo pior ataque mandante (5 gols, média 0,71) e a 15ª defesa (5 gols, média 0,71). Atuando como visitante, o Vitória tem o quinto pior aproveitamento visitante (7%, 0V, 1E, 4D), com o terceiro pior ataque(1 gols, média 0,20) e com a pior defesa (13 gols, média 2,60).
Grêmio x Paraná >> Grêmio. Como o Grêmio joga pela Libertadores na próxima terça-feira, o risco deste jogo é perda de concentração. Foram duas vitórias do Grêmio em dois jogos pela Série A com este mando de 2006 para cá. Frente à sua torcida, de junho em diante, o Grêmio tem o terceiro melhor desempenho (83%, 6V, 2E, 0D), com o segundo melhor ataque mandante (18 gols, média 2,25) e a quinta melhor defesa (4 gols, média 0,50). O Paraná tem o segundo pior desempenho (0%, 0V, 0E, 6D), com o pior ataque (zero gol) e a quinta pior defesa visitante (9 gols, média 1,50).
Vasco x Flamengo >> Flamengo. Na história dos pontos corridos com 20 equipes, desde 2006, com este mando foram duas vitórias do Vasco (33%), três empates e quatro vitórias do Flamengo (56%) em nove jogos. De junho em diante, como mandante, o Vasco tem o 12º aproveitamento (58%, 4V, 2E, 2D), com o sétimo ataque (10 gols, média 1,25), mas a pior defesa mandante (10 gols, média 1,25). Quando foi visitante no último trimestre, o Flamengo tem o nono aproveitamento (29%, 1V, 4E, 3D), com o sétimo ataque visitante (7 gols, média 0,88), mas a quinta pior defesa visitante (12 gols, média 1,50).
Botafogo x América-MG >> Botafogo. Botafogo venceu os dois jogos disputados pela Série A nos pontos corridos desde 2006. Em casa, de junho para cá, o Botafogo tem o nono desempenho (67%, 4V, 2E, 1D), com o nono ataque mandante (8 gols, média 1,14) e a nona defesa (4 gols, média 0,57). Fora de casa, o América-MG tem o oitavo aproveitamento (33%, 2V, 0E, 4D), com o 11º ataque visitante (4 gols, média 0,67) e com a nona defesa (6 gols, média 1,00).
Cruzeiro x Atlético-MG >> Atlético-MG. O fato de o Cruzeiro estar disputando paralelamente também a Copa do Brasil e a Libertadores é um dificultador para o mandante. O Atlético-MG pode colocar uma energia em campo que o Cruzeiro tem de poupar. Considerados só os jogos com este mando de 2006 em diante, na Série A houve quatro vitórias do Cruzeiro (45%), três empates e quatro vitórias do Atlético-MG (45%) em 11 jogos. Considerados apenas os jogos dos donos da casa pela Série A realizados a partir de junho, o Cruzeiro tem o quinto pior desempenho mandante (44%, 3V, 3E, 3D), com o 11º ataque (10 gols, média 1,11) e a terceira pior defesa (10 gols, média 1,11). Como visitante, o Atlético-MG tem o décimo desempenho (28%, 1V, 2E, 3D), com o melhor ataque visitante (8 gols, média 1,33), mas a quinta pior defesa visitante (9 gols, média 1,50).
Atlético-PR x Fluminense >> Atlético-PR. Quando teve o mando desse jogo em Brasileirões com 20 equipes, desde 2006, houve três vitórias do Atlético-PR (39%), quatro empates e quatro vitórias do Fluminense (48%) em 11 jogos. Nos jogos disputados no trimestre, como mandante o Atlético-PR tem o melhor desempenho entre os mandantes (90%, 6V, 1E, 0D), com o melhor ataque mandante (16 gols, média 2,29) e a quarta melhor defesa (3 gols, média 0,43). Quando atuou como visitante, o Fluminense tem o sexto aproveitamento (43%, 2V, 3E, 2D), com o oitavo ataque (6 gols, média 0,86) e a sétima defesa visitante (6 gols, média 0,86).
Bahia x Palmeiras >> Palmeiras. Mesmo como visitante, o Palmeiras venceu os quatro jogos disptudos pela Série A de 2006 em diante. Nos últimos três meses, em casa, o Bahia tem o décimo aproveitamento (63%, 5V, 4E, 1D), com o oitavo ataque (12 gols, média 1,20) e a terceira melhor defesa mandante (4 gols, média 0,40). Por sua vez, fora de casa o Palmeiras tem o quarto melhor desempenho (54%, 3V, 4E, 1D), com o quinto melhor ataque (8 gols, média 1,00) e a melhor defesa (3 gols, média 0,38).
Santos x São Paulo >> Difícil. Devido ao grande número de jogos, é a maior vantagem de um mandante na rodada. Nos pontos corridos de 2006 para cá houve com este mando cinco vitórias do Santos (50%), três empates e quatro vitórias do São Paulo (42%) em 12 jogos. De junho para cá, o Santos tem o terceiro pior aproveitamento mandante (42%, 2V, 4E, 2D), com o 14º ataque (7 gols, média 0,88) e a quinta melhor defesa(4 gols, média 0,50). Considerados apenas os visitantes, o São Paulo tem o melhor aproveitamento (62%, 4V, 1E, 2D), com o terceiro melhor ataque visitante (9 gols, média 1,29) e com a sexta defesa visitante (5 gols, média 0,71).
Corinthians x Sport >> Corinthians. Empatado, é o maior domínio mandante da rodada, cruzamento aproveitamento de pontos e número de jogos. De 2006 para cá, pela Série A com este mando foram seis vitórias do Corinthians (86%), nenhum empate e uma vitória do Sport (14%) em sete jogos. Quando foi mandante no trimestre, o Corinthianstem o oitavo desempenho (71%, 5V, 2E, 1D), com o décimo ataque (9 gols, média 1,13) e a segunda melhor defesa mandantes (3 gols, média 0,38). Já o Sport tem o segundo pior aproveitamento visitante (0%, 0V, 0E, 6D), com o segundo pior ataque (1 gols, média 0,17) e a segunda pior defesa visitante (13 gols, média 2,17).
Chapecoense x Internacional >> Difícil. Com o mando, a Chapecoense venceu os três jogos disputados pela Série A de 2006 para cá. Nos últimos três meses, a Chapecoense tem o quarto pior desempenho mandante (43%, 2V, 3E, 2D), com o 13º ataque mandante (7 gols, média 1,00) e a quarta pior defesa (7 gols, média 1,00). O Internacional tem o segundo melhor desempenho visitante (61%, 3V, 2E, 1D), com o melhor ataque (8 gols, média 1,33) e a quarta melhor defesa (4 gols, média 0,67).
*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Cássia Moura, Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Gustavo Pereira, Leandro Silva, Roberto Maleson e Valmir Storti.

Sem Neymar e Mbappé, PSG goleia o Saint-Étienne por 4 a 0

Mesmo desfalcado, time parisiense faz partida tranquila e mantém os 100% de aproveitamento no Francês. Draxler, Cavani, Di María e Diaby fazem os gols do jogo


O PSG continua absoluto no Campeonato Francês. Mesmo desfalcado de Neymar e Mbappé, a equipe parisiense construiu um placar tranquilo diante do tradicional Saint-Étienne. Depois de um primeiro tempo mais morno, em que Draxler aproveitou uma das poucas chances para abrir o marcador, os comandados de Thomas Tuchel deslancharam na etapa final. Cavani, de pênalti, Di María e o jovem Diaby balançaram as redes e colocaram mais três na conta do time, que segue 100% no Francesão.

Neymar e Mbappé assistiram ao jogo de camarote – literalmente. Os dois atacantes não foram relacionados para a partida desta sexta-feira. Enquanto Neymar ficou fora por opção de Tuchel, que decidiu poupar o jogador após os amistosos da seleção brasileira, Mbappé cumpriu o primeiro de três jogos de suspensão, por conta da expulsão no duelo contra o Nimes. O zagueiro Marquinhos foi outro que não jogou, também poupado. O defensor, entretanto, ficou no banco de reservas.


Com apenas 19 anos, Moussa Diaby foi um dos destaques do PSG. O atacante entrou no intervalo e teve participação decisiva na segunda etapa. Além da assistência para o gol de Di María, ele também balançou as redes, fechando o placar.


AGENDAS DAS EQUIPES
Na próxima rodada do Francesão, o PSG vai visitar o Rennes. Antes, no entanto, a equipe de Thomas Tuchel terá o primeiro desafio pela Liga dos Campeões: enfrentará o Liverpool, na terça, também fora de casa. Já o Saint-Etienne, que está fora das competições europeias, só jogará novamente no sábado, contra o Caen.

Walter é indiciado em Alagoas por crime de ameaça a funcionários da Eletrobras

Jogador apontou arma falsa para eletricistas da companhia energética. Depois de 14 dias longe de Maceió, se apresentou nesta sexta ao CSA


Atacante do CSA, Walter vai ter que enfrentar os tribunais. Ele foi indiciado pelo crime de ameaça e agora vai precisar se explicar no 11º juizado criminal de Maceió por apontar uma arma falsa para dois funcionários da Eletrobras.

Com base no Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), assinado na delegacia de flagrantes, Walter foi indiciado pela Polícia Civil de Alagoas. Os nomes dos dois eletricistas ameaçados pelo jogador estão sob sigilo.


A companhia energética de Alagoas emitiu nota oficial nesta sexta e informou que prestou total assistência aos dois eletricistas que estiveram no apartamento do jogador para efetuar o corte no fornecimento de energia elétrica e reiterou que considera as ameaças inadmissíveis 

Ameaça a colaboradores da Eletrobras

A Eletrobras Distribuição Alagoas informa que deu assistência necessária aos dois prestadores de serviço que foram ameaçados na sexta-feira (31) com uma arma de brinquedo, ao realizarem uma suspensão de fornecimento de energia no apartamento do jogador Walter Henrique da Silva, localizado no bairro da Ponta Verde. Neste dia, os eletricistas foram à Central de Flagrantes prestar os esclarecimentos sobre o caso à Polícia. A Eletrobras considera inadmissíveis ameaças a colaboradores e sempre atuará no combate desse tipo de atitude.

Reapresentação
No CSA, Walter ganhou uma segunda chance e nesta sexta-feira se reapresentou ao clube. Ao contrário do que tinha divulgado em nota oficial, quando da detenção de Walter, a diretoria azulina preferiu não conversar com o atleta para definir o seu futuro.

Assim, o atacante continua o tratamento da lesão no joelho esquerdo, sofrida na partida contra o Fortaleza, dia 20 de julho. Nesta sexta, Walter deu voltas ao redor do campo no CT Gustavo Paiva, foi ao departamento médico e depois liberado para trabalhar numa academia fora do Mutange. Durante o fim de semana, o atacante deve fazer novamente trabalho particular.


Presidente do CSA, Rafael Tenório explicou a situação do jogador.

- Assim que houve aquele incidente com o Walter, ele solicitou e foi liberado para se recuperar da lesão no joelho lá em Goiânia.

Nós não chegamos a conversar com ele, liberamos a viagem, ele começou o tratamento lá e retornou agora para continuar aqui no CSA.

Tarcísio celebra reencontro com a torcida e destaca força do Ypiranga

Máquina de Costura disputa amistoso neste domingo, contra o Treze, às 15h, no Limeirão


O Ypiranga vai ficar duas semanas longe da Série A2 do Campeonato Pernambucano, mas não vai ficar sem entrar em campo. Neste domingo, a Máquina de Costura vai disputar um amistoso contra o Treze, às 15h. A partida vai marcar a reabertura do estádio Limeirão.

Titular do alviazulino, o meia Tarcísio destacou a força do grupo completo e disse que o duelo vai ser importante para dar mais entrosamento a equipe.

- Ajuda muito a dar sequência no trabalho. Serão duas semanas sem jogar a Série A2, além de ser o reencontro com a torcida. Vai ser muito importante para a equipe. Creio que o torcedor sabe da nossa luta. A gente sabe que seria difícil já com todos em campo e esses dois jogos deram muita força. Tivemos jogadores importantes que ficaram de fora, como o Thomas Anderson, Fernando Pires e outros. Eu creio que os jogos serviram para nos fortalecer.

O meio-campo também disse que as vagas do Grupo B estão em aberto e o foco é a classificação.

- Nossa chave é muito difícil. Sabíamos da dificuldade e aconteceu de entrarmos com apenas onze jogadores e um goleiro no banco. Conseguimos um ponto importante contra o Porto e agora vamos ganhar mais força com os meninos que estão chegando. Creio que vamos nos classificar.

3ª Taça Acifa de Futsal começa neste domingo em Caruaru e Cachoeirinha

Competição organizada pela Associação Caruaruense Independente de Futsal Amador vai contar com 16 times


Começa neste domingo em Caruaru e Cachoeirinha a terceira edição da Taça Acifa de Futsal. A competição organizada pela Associação Caruaruense Independente de Futsal Amador vai contar com 16 times.

O campeão do torneio vai levar R$ 2.000 pra casa e o segundo lugar vai ganhar R$ 1.000. A primeira partida será entre Águia Futsal e AAP, às 10h. Em seguida, Ozz Direitinhozz encaram o Jaguar. Às 12h, o Cachoeirinha pega o DRB. As três partidas serão realizadas na quadra do antigo matadouro, em Cachoeirinha.

Em Caruaru, a rodada começa às 11h com Turkya e Zenit. Independente e Rota Futsal duelam às 12h e São Miguel x Gaviões do Agreste finaliza os confrontos da abertura.

Equipes confirmadas na competição:

Jaguar Futsal 
Ozz Direitinhozz 
Rota salgado 
Supremo Futsal
São Miguel (Sairé)
Atlético Bonito (Bonito) 
DRB (Santa Cruz do Capibaribe)
Gaviões do Agreste (Santa Cruz do Capibaribe)
Turkya (Brejo)
União (Palmares)
Palmeiras ( Bezerros) 
Seleção de Altinho 
VIA ADL Independente
Cachoeirinha Futsal 
Zenit (Belo Jardim) 
Águia Futsal (Lagoa dos Gatos)

Decisão muda técnico de novo e Deivison Combé assume comando

Preparador físico do Falcão foi efetivado como treinador até o fim da Série A2 do Pernambucano


O Decisão tem um novo técnico para a sequência da Série A2 do Campeonato Pernambucano. O treinador Reginaldo Souza foi desligado do cargo e o preparador físico Deivison Combé foi efetivado como comandante até o fim da competição.

Combé é o terceiro treinador da equipe na temporada. Paulo Júnior iniciou a preparação para a segundona, mas deixou o cargo antes do início do torneio. Já Reginaldo Souza disputou apenas duas partidas oficiais: uma vitória e uma derrota.

A estreia de Deivison Combé como treinador de futebol será no domingo, às 15h, contra o Porto, no Artuzão. O duelo é válido pela quarta rodada da Série A2.a

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Escolinha de Futebol CECAP


Emerson Salão e Barbearia


Palmeiras enviará à CBF um relatório com erros de arbitragem da partida contra o Cruzeiro

Diretoria pedirá para o árbitro Wagner Reway não apitar mais jogos da equipe


Depois da derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, em casa, pela semifinal da Copa do Brasil, a diretoria do Palmeiras enviará um relatório para a CBF elencando os erros de arbitragem de Wagner Reway na partida.

Os palmeirenses alegam que o árbitro errou quando, já nos acréscimos do jogo, marcou falta de Edu Dracena em cima do goleiro Fábio em jogada que culminaria em gol de Antônio Carlos.


As críticas partem, principalmente, pelo fato de as semifinais contarem com o VAR, mas o árbitro ter apitado falta antes mesmo da conclusão da jogada, impedindo o seu uso. O repórter André Hernan falou ao vivo no Seleção SporTV sobre as medidas dos dirigentes.

– O Palmeiras vai entregar uma documentação, um dossiê com todas as reclamações, e pedindo para que esse árbitro não seja mais escalado, que seja evitado nos próximos jogos. O Palmeiras sempre faz esse tipo de contato, o (Alexandre) Mattos sempre está em contato com a comissão de arbitragem. Foi assim no clássico contra o Corinthians, na expulsão do Deyverson. Dessa vez será algo mais contundente, com papel, documentos. A ideia disso é marcar um posicionamento político, não vai pedir para mudar resultados, mas serve para mostrar que há preocupação com o que acontece – informou André Hernan.

O Palmeiras alega também que sempre defendeu a implementação do VAR no Brasil e acredita que o que ocorreu no duelo contra o Cruzeiro foi erro de procedimento. O envio do documento é para acrescentar na melhoria do uso da tecnologia.

Além do posicionamento oficial da direção do Palmeiras, o técnico Felipão também adotará uma postura de blindagem do elenco para as próximas semanas decisivas, com quartas de final da Libertadores contra o Colo-Colo, volta da semifinal da Copa do Brasil e partidas importantes brigando pela liderança do Brasileirão.

Brasil supera apagão após sets impecáveis e bate a poderosa França no Mundial

Seleção se desestabiliza na terceira parcial, mas se recupera com ótima atuações de Wallace e dos centrais no tie-break


Poderia ter sido um jogo impecável. Foram dois sets de um Brasil agressivo e impiedoso, regido pela vibração de Lipe e pela eficiência do bloqueio. Mas vieram a terceira parcial e a ousadia de Laurent Tillie. O técnico da França trocou meio time e desestabilizou a seleção. Depois do apagão, os comandados de Renan Dal Zotto se reergueram com a frieza de Wallace e dos centrais para manter os 100% de aproveitamento no Grupo B do Mundial masculino de vôlei. Na Arena de Ruse, a vitória por 3 sets a 2 teve parciais de 25/20, 25/20, 20/25, 23/25 e 15/12.

No momento, o Canadá lidera a chave por ter duas vitórias por 3 sets a 0. O Brasil, temporariamente em segundo, não joga nesta sexta-feira - após a primeira rodada cheia, a cada dia duas equipes folgam. O próximo desafio da seleção será no sábado, contra a Holanda. A França volta à quadra já nesta sexta, quando enfrenta o Egito, às 14h30 (horário de Brasília).


O principal jogo do Grupo B na primeira fase conseguiu a proeza de lotar a Arena de Ruse, vazia nos quatro jogos disputados até então. A França teve o desfalque do central Kevin Le Roux, que sofreu uma lesão na coxa na estreia contra a China e só deve ser liberado para jogar na próxima fase. O Brasil também teve uma alteração, mas por opção de Renan. Lipe entrou na vaga de Kadu.

Foi um primeiro set excelente para o Brasil. Mesmo um ponto atrás na primeira parada técnica, a seleção não deixava nada a dever para a França. Bruninho distribuiu bem as jogadas, tendo Wallace e Douglas como principais armas de ataque no início. E o agressivo saque brasileiro permitiu que o bloqueio brilhasse.

Lipe, estreando no Mundial, teve como maior mérito dois bloqueios providenciais – um deles simples e desmoralizante sobre o craque Ngapeth. O Brasil teve quatro pontos de frente, e o técnico Laurent Tillie gastou os dois pedidos de tempo. Os franceses diminuíram a vantagem, mas aí Renan deu seu recado, e o time retomou o eixo. Wallace cravou para fechar num surpreendente 25/20.


O segundo set também começou parelho, com Boyer como destaque ofensivo da França. Mas novamente o bloqueio brasileiro funcionou. Lipe selou a virada e vibrou para contagiar o grupo. Em excelente passagem de Isac no saque, o Brasil abriu três de vantagem com bloqueio monstro de Lucão (8 a 5). A França passou a fugir da muralha brasileira e garimpou o empate em 14/14, mas Wallace voltou a alargar a margem. Nem os dois tempos pedidos por Tillie mudaram o cenário. Um ace de Lipe levou a seleção ao set point, e um bloqueio de Evandro sobre Nagapth selou novo 25/20.

Atrás no placar, Tillie arriscou e trocou meio time no terceiro set. Teve um sucesso surpreendente e imediato. Confundiu a defesa brasileira e abriu 4 a 1, forçando Renan a parar o jogo cedo. Desconcentrado, o Brasil seguiu apanhando nos serviços de Brizard e Le Goff (12 a 6). Se Wallace descontava, Ngapeth dava o troco. Depois da segunda parada técnica, o Brasil acordou. Douglas e Lucão reduziram a diferença para dois pontos. Tillie parou o jogo, e a reação não foi além. Rossard cravou 25/20 para os franceses.

A quarta parcial começou com Brizard novamente implacável no saque (3 a 1). Quando Ngapeth abriu 7 a 3, Renan pediu tempo e lançou Lucas Loh na vaga de Douglas. O Brasil cresceu com Wallace e ganhou moral com bloqueio de Lipe. Chegou a virar e abrir dois pontos de margem, mas permitiu que a França retomasse a dianteira. Ngapeth parou a China de Lucão e deixou os franceses com dois pontos de vantagem. Foi a vez de Renan mexer no time. Recolocou Douglas e testou Eder e Maurício Souza. Salvou dois set points, mas não foi o suficiente para evitar o tie-break: 25/23.

O quinto set foi tenso e cheio de viradas. Wallace cresceu, e o Brasil teve dois pontos de vantagem, mas viu o serviço francês mais uma vez desestruturar a defesa e o moral da seleção. Três pontos trás (10 a 7), Renan pediu tempo. A França errou a mão, e o Brasil buscou a virada com uma sequência de quatro pontos. Numa falha de entrosamento entre Bruninho e Lucão, a França voltou a liderar. Em mais um bloqueio de Lipe sobre Ngapeth, a seleção recuperou a ponta. Depois Maurício fez o mesmo e levou o Brasil ao match point. Tillie parou, mas na volta Lucão soltou o braço para fechar o jogo com um grande e importante ponto de saque: 15/12.

Copa do Brasil: Flamengo registra os três maiores públicos. Palmeiras quebra recorde de renda

Jogos com mais pagantes na competição pertencem ao Rubro-Negro. Partida do Verdão contra o Cruzeiro teve R$ 2,7 milhões arrecadados, superando marca do clube carioca. Veja o ranking



Dono da maior média de pagantes em 2018, o Flamengo também domina o ranking dos maiores públicos da Copa do Brasil. Os três jogos que o clube carioca disputou na competição (contra Ponte Preta, Grêmio e Corinthians) foram os que mais tiveram presença de torcedores.

O recorde foi diante da equipe de Campinas, pelas oitavas de final, com 52.497 pagantes no Maracanã. O jogo com o Corinthians, na última quarta-feira, contou com 48.822 espectadores comprando ingressos, terceiro no Top 10. Confira abaixo a lista com os maiores públicos da competição.


Quem também merece destaque é o Cruzeiro. As duas partidas disputadas pelo time mineiro (diante de Santos e Atlético-PR) estão na quarta e quinta colocações - o terceiro jogo, contra o Palmeiras, pela semifinal, será em 26 de setembro. Quem permanece no Top 10, mesmo eliminado na terceira fase, é o Vila Nova. O clube goiano levou 28.751 torcedores na segunda partida contra o Ferroviário, quando foi derrotado por 1 a 0 e eliminado da Copa do Brasil.

O Palmeiras é o recordista financeiro. A derrota por 1 a 0 em casa para o Cruzeiro teve uma renda bruta de R$ 2,7 milhões (a maior do torneio), superando os R$ 2,4 milhões do jogo entre Flamengo e Grêmio, pelas quartas de final do torneio. 32.960 torcedores marcaram presença na arena do Verdão e sustentaram esses números.

Entenda como é feito o cálculo no boletim financeiro

Para chegarmos ao número de pagantes a conta é simples: somamos a quantidade de ingressos utilizados disponíveis no boletim financeiro do jogo que geraram renda ou substraímos o público total pelos ingressos utilizados que estão zerados na arrecadação, como mostramos com as setas na imagem abaixo do borderô de Cruzeiro 1 x 0 América-MG.


Titular no Rio, Fagner retoma tratamento na coxa no CT do Corinthians

Lateral-direito jogou por 76 minutos no empate por 0 a 0 contra o Flamengo, na quarta


De volta a São Paulo junto do elenco do Corinthians, Fagner retomou na tarde desta quinta-feira o tratamento que vinha fazendo no CT Joaquim Grava antes da partida contra o Flamengo, no empate sem gols no Maracanã, pelo primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil.

Escalado como titular, mas substituído após 76 minutos em campo, o jogador está aos cuidados da fisioterapia do clube, realizando trabalhos de recuperação, como crioterapia (tratamento com gelo). Outros jogadores que jogaram a partida realizaram trabalhos semelhantes.

O camisa 23 chegou a reclamar de um leve incômodo, mas ainda será reavaliado pelos médicos, possivelmente na sexta-feira.


Desfalque por três jogos por uma lesão na coxa esquerda, Fagner foi cortado da seleção brasileira por conta do problema. Nos últimos dias, conseguiu acelerar sua recuperação, diminuindo para 12 os dias de ausência, enquanto a previsão inicial era de, no mínimo, 21 dias de tratamento. A situação irritou torcedores e dirigentes do Fla, já que Lucas Paquetá esteve junto da Seleção.

Se Fagner não puder enfrentar o Sport no domingo, às 19h (de Brasília), pelo Brasileirão, a tendência é que o volante Paulo Roberto volte a ser improvisado na função. Ele atuou na parte final do jogo contra o Fla na lateral.

Outra opção é Mantuan, que perdeu o jogo por dores na coxa direita, mas que já voltou aos treinos.

Confiante, técnico do Porto quer garantir a classificação no próximo jogo

Janduir Lira faz as contas e quer vitória simples diante do Decisão para se garantir na próxima fase


O Porto precisa de uma vitória simples para garantir vaga na próxima fase e ficar mais perto de voltar à elite do futebol pernambucano. Mas, para isso, terá que bater o Decisão neste domingo, às 15h, no estádio Artuzão, pela quarta rodada da Série A2 do Campeonato Pernambucano.

Além da dificuldade da partida, o Falcão tem a seu favor um retrospecto de oito jogos sem derrota em casa. Porém, Janduir Lira, técnico do Porto, afirma que marcas existem para serem batidas.

- Se conseguirmos vencer lá, também praticamente garantimos a classificação, será um jogo decisivo pra gente. Sabemos desse retrospecto deles lá, mas essas coisas foram feitos para se quebrar. Vamos tentar conseguir a vitória e se classificar logo. É importante também não perder o jogo, um ponto lá deixa a gente decidir em casa. Sabemos que será um jogo difícil, o Decisão exigiu bastante da gente em Caruaru. Vai ser difícil, mas temos condições de voltar com um bom resultado.

O comandante também disse que não deve fazer mudanças em relação ao time que venceu o mesmo adversário no Vera Cruz por 3 a 1.

- Estamos aguardando algumas avaliações médicas de jogadores. Vamos aguardar, mas em princípio a intenção não é mudar, é manter o time para conseguir o entrosamento. Não dá pra fazer testes em uma competição tiro curto como essa.